Lab-on-a-Chip: acesse podcasts com comentários sobre o workshop

Lab-on-a-Chip: acesse podcasts com comentários sobre o workshop

Já leu

 

 

 

Ouça abaixo comentários dos pesquisadores da Fiocruz, Marco Aurélio Krieger, vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde, Akira Homa, assessor científico de BioManguinhos, Jorge Bermudez, médico da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Lucas Blanes especialista em Ciência e Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública, Salvatore Giovanni, especialista em Ciência e tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública e Celeste Emerik, coordenadora de Gestão Tecnológica, feito após worshop Lab-on-a-chip – O futuro do diagnóstico em saúde pública, em 17/5/2018, realizado pelo Centro de Estudos estartégicos da Fiocruz.

Ouça os comentários abaixo: 

 

Marco Aurélio Krieger: Essa iniciativa de fazer um estudo prospectivo dessa magnitude, numa tecnologia de vanguarda é muito importante para a Fiocruz. 

 

Akira Homa: Essa é uma área que a Fiocruz tem que ser protagonista, porque essa tecnologia deve dar acesso a diagnósticos rápidos de auto-valor para saúde pública. 

 

Jorge Bermudez: O Lab-on-a-chip é o futuro em diagnostico de saúde pública. 

 

Lucas Blanes: Temos todas as capacidades para fazer esses dispositivos e começar a trabalhar.

 

Salvatore Giovanni: Essa iniciativa foi uma excelente oportunidade de entegrar vários grupos, com pensamentos diferentes, para visualizar o futuro de diágnostico em saúde no futuro. 

 

Celeste Emerik: Esse estudo, ainda que preliminar, oferece um conjunto de possibilidades de pensar uma ação institucional.